ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E ANTIOXIDANTE DO INHAME (DIOSCOREA SP.)

  • Carluzi de Sousa Gomes
  • Larissa Pacheco Ferreira
  • Clara dos Reis Nunes
  • Fabiola Teixeira Azevedo
Keywords: Alimento; Antioxidante; Nutrição.

Abstract

O inhame (Dioscorea sp.) é uma amilácea bastante cultivada para o consumo direto, de grande importância socioeconômica, sendo cultivado em regiões de clima tropical e subtropical. O presente trabalho teve como objetivo ampliar o conhecimento físico-químico de Dioscorea sp., verificando sua composição nutricional e ação antioxidante, a fim de se obter indicações de seu potencial nutricional para contribuir com a qualidade de vida da população. Além disso, objetivou-se averiguar se o processo de cocção interferia nas características físico-químicas. Em vista disso, foram realizadas analises físico-químicas através de metodologias oficiais preconizadas na literatura, considerando-se o processo de cocção em diferentes intervalos de tempo. Atividade antioxidante que foi realizada através do método DPPH. Observou-se que o processo de cocção não causou diferença significativa nas analises de umidade, acidez titulável e pH. Porém, o processo de cocção afetou o teor de sólidos solúveis e o de açúcar redutor. Em relação ao teor de lipídeos e de vitamina C observou-se que quanto maior foi tempo de cocção menor foi o teor de lipídeo encontrado nas amostras. Também verificou-se presença de proteína em todas as amostras analisadas e foi observado um potencial antioxidante significativo em todas as concentrações analisadas. Conclui-se que o inhame apresentou uma quantidade significativa de nutrientes e de capacidade antioxidante, podendo auxiliar na prevenção de doenças e proporcionar uma dieta balanceada, conforme suas propriedades.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2019-12-30
How to Cite
de Sousa Gomes, C., Pacheco Ferreira, L., dos Reis Nunes, C., & Teixeira Azevedo, F. (2019). ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E ANTIOXIDANTE DO INHAME (DIOSCOREA SP.). Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 5(4). Retrieved from http://reinpec.org/reinpec/index.php/reinpec/article/view/311