LEVANTAMENTO DE NOTIFICAÇÕES DE HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE PORCIÚCULA, RJ.

  • Barbara Souza Almeida
  • Amanda Pereira Borges
  • Marcos Paulo Machado Thomé
  • Bernardo da Conceição Betta
Keywords: Multibacilar. Epidemiologia. Virchowiana. Paucibacilar Transmissão

Abstract

A Hanseníase é uma doença infectocontagiosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae que no Brasil ainda se expressa como um problema de saúde pública, sendo classificado como de alta carga para a doença, sendo o segundo país com o maior número de casos novos registrados. No Estado do Rio de Janeiro, o número de avaliados diagnosticados com hanseníase foi de 90,1% por 10.000 habitantes, de acordo com dados do SINAN/SVS-MS. Estima-se que somente 1/3 dos doentes sejam notificados e que, dentre esses, muitos fazem tratamento irregular ou o abandonam, aumentando a transmissão da doença. Assim o objetivo desse artigo foi descrever o perfil epidemiológico da população com diagnóstico de hanseníase e fazer um levantamento das notificações, no município de Porcíuncula/RJ no período de 2001 a 2018. Trata-se de um estudo retrospectivo, que utilizou os dados secundários de notificação de casos hanseníase do Sistema de Informação de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde do Brasil. Foram registrados 40 casos da doença, sendo 70,0% do sexo masculino, a faixa etária dos 35 a 49 anos foi a mais afetada, houve registro de 2 casos de hanseníase em menores de 14 anos. A forma clínica prevalente foi a indeterminada (12), seguindo pela virchowiana (10). Tais achados são preocupantes, considerando-se que a segunda forma clínica prevalente foi a virchowiana, que exprime a forma mais contagiosa da doença, além disso os diagnosticados são de faixa etária economicamente ativa e potencialmente, os principais disseminadores da doença. O relato de que a maioria dos casos era sob as formas clínicas indeterminado e virchowiana, indica um possível diagnóstico tardio, assim, faz-se necessário descentralizar o serviço de hanseníase e capacitar mais profissionais para possibilitar diagnóstico e tratamentos mais precoces, além de correta notificação aos responsáveis sanitários.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2020-05-25
How to Cite
Souza Almeida, B., Pereira Borges, A., Paulo Machado Thomé, M., & da Conceição Betta, B. (2020). LEVANTAMENTO DE NOTIFICAÇÕES DE HANSENÍASE NO MUNICÍPIO DE PORCIÚCULA, RJ. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 5(5). Retrieved from http://reinpec.org/reinpec/index.php/reinpec/article/view/461