SINDROME DE BURNOUT: OCORRÊNCIAS NA EQUIPE DE ENFERMAGEM, QUE ATUAM NO SETOR ONCOLÓGICO.

  • Anderson da Cruz Lima
  • Eliezer Silvano Roly Júnior
  • Aline Cunha Gama Carvalho
Keywords: Burnout, Enfermagem, Setor Oncológico.

Abstract

Tendo em vista que, este estudo teve como relevância as causas da ocorrência da Síndrome de Burnout no dia a dia dos profissionais de Enfermagem no setor oncológico, embasado nas condições presentes do profissional de enfermagem advindos pela despersonalização, exaustão emocional crônica, na frustação, insatisfação e isolamento , no qual a incidência da Síndrome de Burnout se repercute demasiadamente, favorecendo os riscos ocupacionais, propiciando o aumento  de acidentes, erros e expor em condições de  riscos vida dos  pacientes.  Consequentemente, um aumento considerável do números absenteísmo e o afastamento laboral, a procura da  auto medicação, uso de álcool, fumo e drogas ílicitas, alteração do aspecto funcional da organização,  levando a desorganização do quadro de números  de  funcionários tendo  de contra partida a rotatividade  da  equipe de enfermagem para outros setores, a fim de analisar a presença da síndrome no dia a dia da equipe de enfermagem do setor oncológico. Para tanto é necessário analisar a ocorrência e  causas do desenvolvimento da Síndrome de Burnout.; descrever os fatores que mais influenciam o desenvolvimento da Síndrome de Burnout.; correlacionar os profissionais de enfermagem quanto a carga horária que estão exercendo na sua profissão  e compreender os motivos pelo quais os profissionais têm se sujeitado a deixarem comprometer se  pelos sintomas da Síndrome de Burnout.. Realiza-se, então, uma pesquisa bibliográfica, no qual foi utilizado como levantamento bibliográfico deste estudo, artigos, revistas, sites como Scielo, Google Acadêmico, e jornais compreendidos nos anos de 2007 a 2019 , analisando o desenvolvimento, fatores e o impacto da Síndrome de Burnout em profissionais da saúde no setor oncológico. Diante disso, constata de maneira coesa, a incidência da Síndrome de Burnout, entre os profissionais de enfermagem no setor oncológico, relacionados suas causas, consequências e alternativas de escape como o consumo de álcool, tabaco, drogas e auto medicação, transparece os riscos e danos de ordem psicossocial, e organizacional. Com as inovações tecnológicas, e o ritmo acelerado, e a competitividade, contribuem de maneira sucinta, o contato familiar, momentos de lazer e tranquilidade e de práticas esportivas tendo assim como prioridade somente o trabalho.  De certo modo os profissionais de enfermagem, são acometidos da Síndrome de Bournout, e repercute de forma negativa, na assistência prestada. No qual as organizações devam elaborar em inovar em métodos, que torne o ambiente de trabalho favorável e agradável com em terapias de grupos, ginastica laboral, monitoramento para qual indícios proveniente de transtorno de ordem psicológica e comportamental.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2020-05-26
How to Cite
da Cruz Lima, A., Silvano Roly Júnior, E., & Cunha Gama Carvalho, A. (2020). SINDROME DE BURNOUT: OCORRÊNCIAS NA EQUIPE DE ENFERMAGEM, QUE ATUAM NO SETOR ONCOLÓGICO. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, 5(5). Retrieved from http://reinpec.org/reinpec/index.php/reinpec/article/view/502